"Para conseguires pensar por ti próprio, tens de correr o risco de ser ofensivo." Jordan Peterson em
12 Regras Para a Vida
05/11/2018

de João Medeiros

 

5 de Novembro, domingo, às 17h30

Livraria Ler Devagar, LX Factory, Rua Rodrigues Faria, 103, Lisboa

Apresentação de Manuel J. Gandra



O quarto apogeu da História de Portugal já começou.



Está escrito na história e no Zodíaco: Portugal vai voltar a estar no centro do mundo.

O Euro de Eder ou a Eurovisão de Salvador foram apenas os primeiros sinais. No dia 13 de Maio de 2017 o Papa Francisco canonizava em Fátima os pastorinhos Francisco e Jacinta. A milhares de quilómetros dali, na Ucrânia, outros dois irmãos (um “Salvador” e a sua irmã) subiam vitoriosos ao palco do Festival Eurovisão da Canção… Simples coincidência? João Medeiros garante que não. O astrólogo tem lido, no Zodíaco, nos mitos e nos ciclos do nosso país, evidências reveladoras de que estamos a viver uma fase única e potencialmente gloriosa: o início do Quarto Apogeu da História de Portugal.

João Medeiros, autor de A Carta, apresenta agora uma obra sobre o destino coletivo da nação: O Zodíaco de Portugal. Recorda mitos como o sebastianismo, os Templários ou o Quinto Império e relaciona-os com o presente; analisa os nossos ciclos históricos, desde a fundação à república. E conclui: Portugal, e os portugueses, podem desempenhar um papel absolutamente fulcral no futuro da humanidade, que atravessa um momento crítico. Voltaremos a ser o centro do mundo, mas agora a nível espiritual, científico e cultural. É esse o nosso desígnio, que cumpriremos se para tal tivermos visão, coragem e iniciativa.

 

 

João Medeiros nasceu em Agosto de 1975. Licenciou-se com distinção em Economia, pela Universidade Nova de Lisboa, em 1998. Viveu na Suécia e em França, como bolseiro Erasmus e entre 1999 a 2003 trabalhou no Instituto Nacional de Estatística. Paralelamente, e durante anos, estudou Astrologia nas suas diferentes abordagens, mas em particular as Astrologias Psicológica, Medieval, Esotérica, Horária e Mundana. Em 2003, após ter concluído a sua formação na Academia de Estudos Astrológicos, dedicou-se a tempo inteiro à atividade como astrólogo (atendeu já mais de 8 mil pessoas) e formador, tendo criado o seu próprio curso e variadas oficinas temáticas. Em 2004, publicou o livro Oceano Ascendente – Ciclos Astrológicos de Portugal (Editora Pergaminho). Três anos depois começou a lecionar Astrologia no centro de cursos livres do ISCTE. Em 2007 criou o CEIA – Centro de Estudos Integrados de Astrologia. É membro da ISAR – International Society for Astrological Research, da AAGB – Astrological Association of Great Britain e da ASPAS – Associação Portuguesa de Astrologia.

Atualmente a sua investigação principal centra-se na combinação da abordagem sistémica de Bert Hellinger com a Astrologia psicológica.

É vegetariano, praticante de yoga, terapeuta certificado de Leitura de Alma, terapeuta de reiki e praticante de surf.

O autor publicou ainda A Carta na Lua de Papel.